22 de mai de 2010

Sem motivo?

Eu entendo as coisas. De fato. Algumas vezes, eu até demoro. Geralmente, é por falta de vontade. Mas eu entendo. Raramente erro. Sou de uma precisão cirúrgica. Mas quando erro, sai cada cagada absurda. Geralmente, é por falta de pensar mesmo. "Pense com a cabeça de cima!" é meu novo leitmotiv. Caso um dia a camisinha estoure, essa será a primeira lição que passarei ao meu filho.

Voltando ao assunto, eu raramente erro. Sério. Eu percebo as coisas. Vou ensinar uma lição valiosa a todos sobre mim mesmo, nem que isso me leve à decadência: engane-me uma vez e a culpa é sua, engane-me de novo e a culpa é minha. Mas se você me enganar pela terceira vez, o enganado é você.

A partir da terceira vez, eu sei que você estará me enganando. E eu deixo. Porquê? Primeiro porque eu não gosto muito do conflito gerado quando eu tento parar as mentiras de alguém. Segundo, porque eu não conseguiria impedir alguém de mentir, mesmo que tentasse. E finalmente, porque eu gosto de ver até onde alguém pode ir achando que tá me enganando.

Entenderam? Ou querem que eu desenhe?
Se bem que todas as pessoas que me "enganam" e/ou me "enganaram" não passam por aqui.

Vocês não me enganam. Não depois que eu dou meu voto de confiança. Depois que uma pessoa me engana pela segunda vez, aprendo a lê-la quase completamente. Todas as outras tentativas são inúteis porque eu já sei o que acontece. E eu garanto: eu não saio perdendo.

Por sinal, nunca jogo quando não acho que posso realmente vencer. Sou extremamente competitivo. Odeio medalha de prata. A mim, só o ouro interessa. Por isso compito pouco. Não sei perder. Tenho que ser o melhor. Se não for, o mundo cai.

Meu mundo hoje? Sem competições. Na verdade, há uma grande competição, talvez a maior de todas, mas sem competidores. É como um longo treinamento contra o tempo e contra o cansaço antes da pequena competição contra aqueles que podem me bater se eu não for rigoroso o bastante.

Frase suspensa: sério? É assim que você "se vinga" de mim? Isso é o melhor que você pode fazer? Patético.

Desconectando.

Um comentário:

  1. Bem disse aquele senhor muito inteligente que levou uma maçãzada na cabeça e saiu feliz por isso... A inércia também está regida por uma quantidade de forças, né?

    Agora filosofando: é no momento onde tudo parece estagnado que acontece o maior movimento... Minto, onde acontece o MELHOR movimento...

    ResponderExcluir