26 de mar de 2010

Projetos do Barcelona para a próxima temporada

Muito se tem falado nos últimos meses em negociações de jogadores no mercado europeu. É como se a janela de transferências estivesse começasse antes mesmo de estar aberta.

O que se segue não é uma previsão do que acontecerá, nem ao menos está relacionado aos planos do clube catalão. Dito isso, vou começar o que deveria ser o projeto do FCBarcelona para a próxima temporada.


SAÍDAS

Rafael Marquez. O primeiro passo da janela de transferências é se livrar de Rafa Márquez, a não ser que ele subitamente melhore muito agora, quando se chega à fase decisiva da temporada. Suas falhas grotescas em seus poucos jogos de atuação indicam isso.

Thierry Henry. Mesmo que melhore muito, o francês só não deveria sair se fosse decisivo contra o Madrid ou numa possível final da Champion's. Seu baixo rendimento esse ano, aliado à sua idade avançada devem levá-lo para longe da Catalunha, após três temporadas

Aliaksandr Hleb. Tê-lo contratado já foi suficientemente estranho. Mas, caso ele retorne ao Camp Nou e não se vá, espero que eu esteja enganado.

José Manuel Pinto. O goleiro deverá sair logo. Não é ruim, mas o campeão europeu precisa de um reserva melhor, de preferência um garoto em ascensão.

Seydou Keita. Aos 30 anos, é bom jogador, mas não tem muito como melhorar nem muita chance de se tornar titular. Seria uma boa moeda de troca, especialmente porque o Arsenal poderia fazer bom uso dele.


ENTRADAS

Francèsc Fàbregas. Esse é o sonho dos catalães. Sua chegada é esperada por muitos. Sem dúvida não sairia barato, mas ele merece. Daqui a algum tempo, poderá substituir Xavi como o cérebro da equipe, seria bom contratá-lo antes da necessidade. Sua chegada precisaria, entretanto, de uma reestruturação no esquema tático do time.

Marek Hamsik. O eslovaco é ótimo jogador e poderia ser um excelente intermediário entre reserva e titular. É interessante lembrar sua pouca idade: fará 23 em julho.

Romelu Lukaku. Pode parecer piada,mas seria interessante levá-lo às categorias de base do Barça no próximo ano. Ele só deveria entrar no time principal, entretanto, na temporada 2011-2012. Comprá-lo agora garantiria um preço baixo e, no mínimo, lucro na venda.

Edin Dzeko. O jogador do Wolfsburg é ótimo centro-avante e o Barça deveria levá-lo antes que algum rival o consiga, como aconteceu recentemente com o russo Andrey Arshavin. Poderia tanto atuar ao lado de Ibrahimovic quanto substitui-lo, apesar de ser mais indicado como sucessor. Não chegaria pra ser titular, mas seria um reserva de peso. Dependendo dos gastos para tê-lo, pode valer a pena.

Paulo Henrique Ganso. Interessante, provavelmente caberia ao estilo de jogo sem muito esforço. Se contratado logo, custará relativamente muito por ser um reserva, mas pode acabar sendo pouco, a longo prazo, caso continue em crescimento o seu desempenho.


OUTRAS SITUAÇÕES

Frank Ribéry. O francês vem estimulando a imprensa dando declarações polêmicas sobre seu futuro. Até agora, as possibilidades mais fortes para ele são o Barça e o Madrid, os dois grandes arqui-rivais na Espanha. Seus compatriotas o confundem: Henry o quer no Barça, e Zidane o aconselha ao Real. Arjen Robben também lhe recomenda que vá ao Barça, apesar de ter sido jogador do clube da capital antes de ir à Alemanha. Na minha opinião, Ribéry deveria continuar no Bayern, mas, se sair, que não vá para a Catalunha. Sairia caro demais pelo futebol que apresenta. Além disso, já há franceses o suficiente na equipe.

Gareth Bale e Filipe Luís. O galês é um bom lateral esquerdo. Com apenas 20 anos, vem ganhando posição entre os titulares no Tottenham. Já o brasileiro de 24 anos é melhor no ataque, mas não tão bom na defesa e poderia sair caro demais.

Martín Cáceres e Henrique. Esses dois estão praticamente na mesma situação: poderão voltar de empréstimo ao final da temporada e seria bom que pelo menos um dos dois estivesse jogando bem o suficiente para ficar. Henrique tem a vantagem de ter marcado contra o Espanyol, mas Cáceres poderia atuar como um "right back", ou seja, substituto defensivo para o Dani Alves.

Marc Muniesa, Andreu Fontàs, Gai Assulin, Jonathan dos Santos, Alberto Botía e Thiago Alcántara. Talentos a serem protegidos. Entre Fontàs, Muniesa e Botìa, pelo menos um deveser levado em definitivo para o time titular, caso Henrique eCáceres acabem sendo vendidos.

Keirrison. Caso não chegue nenhum atacante ao Camp Nou e/ou Keirrison desempenhe um bom papel pela Fiorentina, ele deverá (ou deveria) entrar para a equipe reserva. Eu posso estar enganado quanto a isso, pois talvez o contrato de empréstimo seja por um ano e meio.

Robinho. Pelo amor de Deus e Hans Gamper, NÃO!


Por enquanto é isso, adicionarei mais caso lembre.


Desconectando.

24 de mar de 2010

Identidade

O guia de viagem Frommer's para Barcelona diz que a cidade é "prática, metódica, proletária, não conformista, rebelde, artística e descaradamente hedonista" (2007, p.3). Não parece ser à toa, portanto, que eu me identifique profundamente com ela. Se alma-gêmea existe, eu encontrei a minha, só preciso ir a ela e conquistá-la.

Desconectando.

23 de mar de 2010

American Idol 2010 - top 12

Finalmente, uma boa semana de apresentações. O tema foi Rolling Stones. Apenas um comentário antes de chegar às avaliações: há duas temporadas, o tema da primeira semana foi o Songbook Lennon/McCartney; nessa temporada foi os Stones. Isso é análogo aos participantes.


1- Michael Lynche ("Miss You") - cantou bem, mas foi tudo meio brega - 5,5
2- Didi Benami ("Play with Fire") - interessante - 6,0
3- Casey James ("It's All Over Now") - ótimo na guitarra, mas nem tanto no vocal - 6,0
4- Lacey Brown ("Ruby Tuesday") - chato e esquecível, mas a voz estava boa - 5,0-4,5
5- Andrew Garcia ("Gimme Shelter") - boazinha a apresentação - 6,0
6- Katie Stevens ("Wild Horses") - voz ótima, música chata - 6,0
7- Tim Urban ("Under My Thumb") - OK - 5,0
8- Siobhan Magnus ("Paint It, Black") - a rainha da noite, escolheu a melhor música da banda e a cantou muito bem, foi fantástica - 8,5-9,0
9- Lee DeWyze ("Beast of Burden") - muito bom - 7,5
10- Paige Miles ("Honky Tonk Women") - boa, mas nada demais; recebe bônus por causa de seus problemas de saúde durante a semana - 6,0
11- Aaron Kelly ("Angie") a primeira apresentação dele da qual eu gostei - 6,5
12- Crystal Bowersox ("You Can't Always Get What You Want") - ótima voz, música OK - 7,5

Eliminada: Lacey Brown. Eliminação justa.

Em resumo: os quatro melhores foram Siobhan Magnus, Lee DeWyze, Crystal Bowersox e Aaron Kelly. Meus quatro preferidos até agora são Siobhan Magnus, Crystal Bowersox, Lee Dewyze e Andrew Garcia.


Desconectando.

19 de mar de 2010

Sorteio das quartas-de-final da UEFA Champion's League

E assim ficou o sorteio da próxima fase da UCL:



Os jogos de ida das quartas de final acontecem em 30 e 31 de março, enquanto a volta está marcada para os dias 6 e 7 de abril.

Prognóstico:

1- O confronto francês está bem parelho, mas, a princípio, nenhum dos dois deve chegar à final. Eles terão a vantagem de economizar tempo, dinheiro e fadiga nas viagens.

2- O Manchester United poderia ter desejado um adversário mais fácil que o time de Munique, e vice-versa. O Manchester tem mais time (a começar por Rooney e Van der Sar), mas os alemães são fortes, e não seria grande surpresa se eles passassem, embora fosse grande decepção ver os Devils fora das semi.

3- O Barcelona não poderia ter adversário mais fácil, pelo menos a princípio. Não que os Gunners sejam o time mais fraco das quartas, mas para o Barcelona, seria mais difícil jogar contra qualquer outro. Explico: em condições normais, os catalães só encontram adversário parelho quando este monta um ferrolho defensivo. Mas a retranca nunca é opção para esses londrinos, provavelmente o time mais ofensivo da competição, até mais que o Barça. O Arsenal, com seus zagueiros medianos, terá grandes dificuldades em marcar o Barça, que, por sua vez, tem ótimos zagueiros e volantes de respeito. Não será surpresa se o Barcelona passar com goleada.

4- O maior problema do time de Milão será a viagem cansativa e o frio (que deverá já estar mais ameno no final do mês). Fora isso, o time russo pode ser facilmente considerado muito inferior aos nerazzurri. Para o Barcelona, caso vá às semi, é praticamente impossível escolher um adversário: a Inter é bem mais poderosa, mas a viagem à Russia seria muito cansativa, o que atrapalharia o jogo de ida e também o campeonato espanhol, e o confronto contra um time menos exposto na mídia poderia gerar dificuldades.

Óbvio que posso estar errado em tudo o que disse, afinal, é só futebol, mas minha previsão para as semi-finais é: Bordeaux Vs Manchester United; FCBarcelona Vs Internazionale de Milão.

Em tempo, curiosidade: provavelmente as que são consideradas as mais emocionantes finais de Champion's League de todos os tempos serão "reeditadas" nessa edição do torneio, já nas quartas: a final de 1999, entre Manchester United e Bayern de Munique (2 a 1) e a de 2006, entre Barcelona e Arsenal (também 2 a 1).

Desconectando.

Liga dos Campeões - 2010 - quarta parte das oitavas-de-final

Isso será rápido: primeiro, o Barcelona passou fácil pelo Stuttgart, da Alemanha, por 4 a 0 (5 a 1 no placar agregado), com dois gols de Messi. Destaco também as participações de Dani Alves, Pedro e Yaya Touré.

No outro jogo, o Bordeaux confirmou seu "favoritismo" eliminando o Olympiakos por 2 a 1 (3 a 1 no placar agregado). O jogo foi completamente desinteressante, não me preocupei em assistir em momento algum.

Desconectando (ou não)

16 de mar de 2010

Liga dos Campeões - 2010 - terceira parte das oitavas-de-final

Finalmente, o melhor confronto (Internazionale Vs Chelsea) e o pior (Sevilla Vs CSKA) dessa fase da Champions. Os únicos dois confrontos realmente em aberto.

Primeiro, a parte desagradável: o time russo bateu o Sevilla por 2 a 1 no Estádio Rámon Sánchez Pizjuán e avança à próxima fase. Destaque positivo para o japonês Honda, do time moscovita e negativo para o goleiro do time espanhol, que levou um frango incrível no segundo jogo. O placar agregado foi de 3 a 2 para o CSKA. Comentário: ambos os jogos foram enfadonhos.

Por outro lado, tanto o jogo de ida quanto o de volta entre Chelsea e Internazionale foram ótimos. No jogo de ida, os italianos venceram em casa por 2 a 1, placar perigoso mas que permitiu uma certa tranquilidade no jogo de volta. O time de Milão conseguiu a vitória, no jogo no Giuseppe Meazza graças aos gols de Milito e Cambiasso e à excelente atuação de Lúcio, o nome do jogo. Os nerazurri também ganharam o jogo de volta, por 1 a 0, no Stanford Bridge, gol de Eto'o. Os azuis não apenas perderam, como também foram dominados, especialmente no segundo tempo, graças à grande atuação de Sneijder - que os merengues se arrependam de tê-lo deixado ir à Inter. Finalmente a Internazionale passa às quartas - e o aproveita eliminando um time grande, mas que nunca merecerá a Champions. No geral, destacaram-se também Maicon, Turbull (que fez todos esquecerem Petr Cech) e Kalou (autor do gol da equipe londrina). Também é importante ressaltar que Didier Drogba, que pouco fez nos dois jogos, assim como seu companheiro de ataque Nicolas Anelka, foi expulso - a terceira vez nas últimas três eliminações em que ele toma uma atitude "violenta", somando-se à expulsão na final em Moscou contra o Manchester Unitesd há dois anos e às palavras agressivas proferidas durante e após o segundo jogo das semi-finais ano passado, contra o Barcelona (caso a Inter seja campeã, poderá se tornar um tabu) - por uma suposta agressão no brasileiro Thiago Motta, mais um que merece um Oscar, por sua atuação na cena da expulsão do atacante marfinense. Os destaques negativos da partida foram Pandev e Thiago Motta pelo lado italiano e Mikel, Ballack, Lampard e Joe Cole (ele ao menos pegou na bola enquanto esteve em campo?)

Amanhã, haverá Barcelona e Stutgart no Camp Nou, e um jogo quase irrelevante na França, entre Bordeaux e Olympiakos.



Desconectando.

13 de mar de 2010

American Idol 2010 - top 16

Estou meio irritado com as eliminações, então vou começar logo.

Ladies' night:
1- Katie Stevens (Breakaway) - meia boca, medíocre - 4,0-4,5
2- Siobhan Magnus (House of the Rising Sun)- interessante/cool - 7,0
3- Lacey Brown (The Story) - sua melhor apresentação até agora, 5,0
4- Katelyn Epperly (I feel the Earth move) - voz boa, música muito chata - 4,0-5,0
5- Didi Benami (Rhiannon) - chata, mas legal - 4,5-5,0
6- Paige Miles (Smile) - estranha - 4,0
7- Crystal Bowersox (Give me one reason) - boa/interessante - 7,5
8- Lilly Scott (I fall to pieces) - bipolar - 6,0-5,5

Guys'night:
1- Lee Dewyze (Fireflies) - sem graça - 5,5
2- Alex Lambert (Trouble) - mediano; 5,5-6,0
3- Tim Urban (Hallelujah) - melhorou muito em relação às duas semanas anteriores - 5,0
4- Andrew Garcia (Genie in a Bottle) - interessante, mas imóvel; 5,0-5,5
5- Casey James (You'll think of me) - sonolento; 4,0-4,5
6- Aaron Kelly (I'm Already There) - tédio total - 4,0-3,5
7- Toddrick Hall (Somebody to Love) - ele definitivamente não tem voz para essa música - 2,0-2,5
8- Michael Lynche (This Woman's work) - mediano, OK - 5,5-6,0

Os eliminados foram Todrick Hall (já tava na hora), Katelyn Epperly (que não deveria ter saído, no lugar dela, deveria ter ido Didi Benami), Alex Lambert (UM ABSURDO ELE SAIR, tinha a melhor voz entre os rapazes, no lugar dele deveria ter ido Aaron Kelly ou Tim Urban) e Llly Scott (ok, o público dela não costuma votar ou assistir ao American Idol, mas ela merecia continuar, Lacey Brown ou Paige Miles deveriam ter saído)

Os melhores da rodada, na minha opinião, foram, na ordem: Crystal Bowersox, Siobhan Magnus, Lilly Scott, Alex Lambert e Big Mike. Logo, dois dos cinco melhores já foram eliminados. Rídiculo.

Ainda, meus quatro preferidos para a próxima fase do programa, na ordem: Siobhan Magnus, Crystal Bowersox, Andrew Garcia, Michael Lynche.


Desconectando.

10 de mar de 2010

Liga dos Campeões - 2010 - segunda parte das oitavas-de-final

Sem grandes surpresas também nos jogos de hoje. O Real Madrid recebeu o Olympique Lyonnais, enquanto o Manchester United jogou contra o Milan. Começo pelo segundo jogo.

Alguém tinha dúvida de que os Devils eram bons o suficiente para golear os milanistas por 4 a 0 no Old Trafford? O que foi surpreendente não foi o resultado, mas a facilidade com a qual ele foi construído. Com 7 a 2 no placar agregado e duas vitórias nessa fase da competição(o jogo de ida tinha sido 3 a 2 para os visitantes), o time vermelho despachou os rossoneri, que não disputam mais nada na temporada, por mais que alguns ainda acreditem na pouca chance de título no campeonato nacional. O Manchester United - que durante a partida teve em seu estádio faixas de rejeição ao dono do clube - tem chances consideráveis de chegar à final, especialmente pelas ótimas atuações de Wayne Rooney, Nani e Darren Fletcher. Mais uma partida interessante para os defensores da convocação de Ronaldinho Gaúcho para a seleção. Na minha opinião, ele mostrou, mais uma vez (como no fim de semana passado, na partida contra a Roma), que suas atuações apenas se destacam contra times mais frágeis, como a Udinese e a Atalanta. O que ele vem demonstrando em campo não vale o perigo de criar um mal-estar no time ao convocá-lo.


Eôeô, Pjanic é o terror! O jogador bósnio Miralem Pjanic foi o destaque da eliminação dos mandriles. Mesmo jogando em casa, a equipe de Madri não foi capaz de vencer o Lyon, que arrematou a vaga para as quartas-de-final com uma vitória simples em casa e um empate em 1 a 1 no Santiago Bernabeu. Os merdengues não conseguiram uniformizar o jogo, suas melhores chances foram em jogadas de contra-ataque. O Lyon poderia até ter feito mais, mas os argentinos Lisandro Lopez e César Delgado finalizaram d forma pífia e não conseguiram transformar a classificação em vitória. Dessa forma, o Real Madrid é eliminado nas oitavas-de-final pela sexta vez consecutiva, com o sexto técnico diferente, enquanto o Lyon volta a passar das oitavas, o que não acontecia desde a temporada 2005-2006, quando foi eliminado nas quartas pelo Milan. Nas duas últimas edições, o time francês foi eliminado pela equipe que viria a se tornar a campeã do torneio: Manchester United em 2008 e Barcelona em 2009.

Com esses resultados, os brasileiros Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Marcelo, Dida, Thiago Silva e Alexandre Pato estão eliminados da UCL. Além disso, os madridistas vêem o sonho de ganhar a final em casa (pois a final desse ano será em Madri) ir por água abaixo. Melhor que isso, só o Barça ser bicampeão em pleno Bernabeu.

Prognósticos sobre a equipe: Manchester tem chances fortes de chegar à final, mas o Lyon deverá sucumbir quando encontrar um adversário mais forte.

Veja o link que se segue sobre as seis eliminações consecutivas nas oitavas na UCL do time da capital espanhola.

http://www.sport.es/default.asp?idpublicacio_PK=44&idioma=CAS&idtipusrecurs_PK=7&idnoticia_PK=694766

Desconectando.

9 de mar de 2010

Liga dos Campeões - 2010 - primeira parte das oitavas-de-final

Tivemos dois jogos hoje, pela UEFA Champion's League. No Emirates Stadium, o Arsenal recebia o Porto, enquanto o Bayern de Munique visitou o Stadio Artemio Franchi para encarar a Fiorentina. Confesso que vi apenas o segundo tempo deste jogo, e apenas os gols daquele. Vou direto aos comentários, sem fazer uma súmula detalhada, para isso existem sites esportivos.

Alguém tinha dúvida de que o Arsenal destruiria o Porto em Londres, apesar das ridículas falhas de defesa no jogo de ida? Com três gols de Bendtner, um de Eboué e um gol de placa de Nasri, o maior time franco-falante da atualidade goleou o time português por 5 a 0, revertendo o placar negativo de 2 a 1 do jogo no Estádio do Dragão. Com isso, o placar agregado foi de 6x2 para o Arsenal, que, se não sofrer muitas baixas por contusões e nem amarelar diante de adversários mais fortes, pode até chegar à final da UCL. Ao Porto, resta apenas a disputa da Taça da Liga, contra o Benfica, ainda no mês de março.

Assisti ao jogo da equipe viola por saber que seria o mais emocionante. Com quatro gols em 12 minutos (entre os 8 e os 20 do segundo tempo), eu tinha provado meu argumento. A equipe da Baviera era teoricamente melhor e acabou classificada, apesar da derrota por 3 a 2 e do placar agregado empatado em 4 a 4, devido à maior quantidade de gols feitos fora de casa. Mas a Fiorentina jogou melhor. Destaque para a qualidade Jovetic, autor de dois gols, e para a frieza estratégica de Van Bommel, que anotou um dos tentos do Bayern. Também queria ressaltar o desastre que foi a defesa do time de Munique. Sem Lúcio, eles não marcam ninguém. Para os italianos, a temporada está acabada, resta tentar uma vaga nas competições européias do próximo ano. Já os alemães sem dúvida fracassarão assim que encontrarem um time mais forte, como o Barcelona, a Internazionale ou os clubes ingleses.

Amanhã, mais dois confrontos. Não poderei ver nenhum, mas volto para comentar os resultados.

Desconectando.

American Idol 2010 - top 20

Hoje à noite haverá mais uma rodada do American Idol, então, antes que eu fique atrasado, mesmo que eu só a veja no sábado, deixo aqui meus comentários sobre a semana passada.

Começando pelos homens, na terça passada, na ordem de apresentação:
1- Big Mike (It's a man's man's man's world) - boa; 6,5 - 7,0
2- John Park (Gravity) - esquecível e desinteressante; 4,5 - 4,0
3- Casey James (I don't wanna be) - quase boa/ok; 5,5
4- Alex Lambert (Everybody Knows) - muito boa, embora ele ainda esteja meio tenso, a melhor da noite; 7,5
5- Todrick Hall (What's love got to do with it) - fraca; 3,5
6- Jermaine Sellers (What's going on) - irritante, tenta ser uma diva, deveria se apresenta com as garotas; 2,0
7- Andrew Garcia (You give me something) - entediante e cafona; 4,0
8- Aaron Kelly (My Girl) - arranjo estranho, apresentação infantil; 4,0
9- Tim Urban (Come on get higher) - melhorou em relação ao desastre da semana anterior, a música é boa, mas a voz é fraca; 2,5
10- Lee Dewyze (Lips of an Angel) - mediano, mas estou começando a gostar dele; 5,0

Agora, as moças, na noite de quarta, também na ordem de apresentação:
1- Crystal Bowersox (Long as I can see the Light) - bem decente; 6,5
2- Haeley Vaughn (The Climb) - ruim, mas melhor que a original, apesar de não alcançar as notas; 4,0
3- Lacey Brown (Kiss me) - não prende a atenção, parece karaoke; 4,5
4- Katie Stevens (Put your records on) - não tão boa quanto a versão de Megan Joy, na edição passada, mas melhor que a original, continuo aorando a voz dela; 5,0
5- Didi Benami (Lean on me)- chata; 3,5
6- Michelle Delamor (With Arms Wide Open) - pelo menos tentou; 4,5
7- Lilly Scott (A Change is gonna come) - boa; 6,0
8- Katelyn Epperly (The Scientist)- canção de ninar, destruiu a música com esse arranjo, mas não desafinou muito; 4,0
9- Paige Miles (Walk Away) - normal; 5,0
10- Siobhan Magnus (Think) - ótima, de verdade, a melhor das duas noites; 8,5

SPOILER (APENAS PARA OS RETARDATÁRIOS)

Eliminados: John Park e Jermaine Sellers, Michelle Delamor e Haeley Vaughn.
Sobre as eliminações: Jermaine Sellers deveria ter saído na semana passada, John Park deveria ter ficado mais uma semana (mas provavelmente não mais que isso), Michelle Delamor sem dúvida deveria ter continuado no programa, acho que ela merecia, Haeley Vaughn mereceu sair. Na minha opinião, Tim Urban deveria ter saído (nas últimas duas semanas), acho que só ficou por causa da aparência, espero que ele saia na próxima semana. Didi Benami deveria ter sido eliminada no lugar da Michelle.

Os cinco melhores, foram, na ordem: Siobhan Magnus, Alex Lambert, Big Mike, Crystal Bowersox e Lilly Scott. Meus cinco favoritos por enquanto são, na ordem: Siobhan Magnus, Lilly Scott, Andrew Garcia, Crystal Bowesox e Alex Lambert.


Desconectando.

7 de mar de 2010

Tudo empatado

Aos poucos virei contar as ocorrências mais relevantes dessas férias. De verdade, gostaria de agradecer a todos que fizeram-nas ser como foram. Exceto ao povo que "empatou" a minha vida. E não foram poucos.

Acabam hoje, e o balanço-geral foi ótimo em alguns pontos, como em economia de dinheiro mesmo me divertindo muito, e em viagens, mas péssimo em outros, como em leitura (um livro inteiro, mais dois pela metade) e em... digamos... empates... pelamor, tá difícil, tive algumas ótimas oportunidades, mas o universo parecia conspirar para empatar tudo.

No sábado, foram dois empates agonizantes, em um deles eu estava envolvido, o outro eu apenas vi depois. Um deles foi do FCBarcelona. Não sei qual foi pior. Brincadeira, sei sim.

Sem mais por enquanto, volto depois, quando estiver com mais paciência. Só um pedido: comente, nem que seja apenas um "oi", apenas pra eu ter uma noção de quantas pessoas têm passado pro aqui.


Desconectando.

3 de mar de 2010

Playlist - Março de 2010

Olá, seus cretinos. Será que alguém ainda passa por aqui? Irrelevante, o fato é que eu continuarei escrevendo se me der vontade.

Agora é a vez da Playlist desse mês, espero que já tenham escutado a do mês passado. Para continuar na linha "sim-estou-de-férias", a playlist desse mês traz as quinze melhores músicas do Guitar Hero II. As mesmas leis da playlist anterior valem para essa: dei preferência às que eu não conhecia antes do jogo (por isso músicas como "Sweet Child O'Mine" não entraram na lista) e não coloquei nenhuma canção entre as faixas-bônus do jogo. Vamos logo a elas que eu tenho mais o que fazer. Ou não.


Playlist - Março de 2010

1- Wolfmother - Woman (She's gonna set you free)
2- Spinal Tap - Tonight I'm Gonna Rock You Tonight (Little girl, it's a great big world but there's only one of me/ You can't touch 'cause I cost too much but//Tonight I'm gonna rock you)
3- Van Halen - You Really Got Me (Girl, you really got me now/You got me so I don't know what I'm doin')
4- Alice in Chains - Them Bones (I feel so alone, gonna wind up a/Big ole pile a them bones)
5- Black Sabbath - War Pigs (Satan, laughing, spreads his wings)
6- The Rolling Stones - Can't You Hear Me Knockin' (I'm gonna take you down)
7- Rage Against The Machine - Killing In The Name (Fuck you, I won't do what you tell me!/Motherfucker!)
8- Primus - John The Fisherman (When I grow up I want to be,/one of the harvesters of the sea./I think before my days are done,/I want to be a fisherman.)
9- Stray Cats - Rock This Town (You look at me again there's gonna be a fight/We're gonna rock this town, we're gonna rip this place apart)
10- Anthrax - Madhouse (It's a Madhouse/Oh, am I insane?)
11- Reverend Horton Heat - Psychobilly Freakout (Well, we're off, we're off, we're off!)
12- Rush - YYZ
13- Avenged Sevenfold - Beast and the Harlot (Now if you wanna serve above or/be a king below with us you're/welcome to the city where your future is set forever.)
14- Dick Dale - Misirlou
15- Lynyrd Skynyrd - Free Bird (If I leave here tomorrow/Would you still remember me?)


Só mais um aviso: Insanity is just like gravity... All it takes is a little push.


Desconectando.