8 de mai de 2010

Curtas (2)

Parece que está mesmo acabado o casamento de Alexandre Pato e Sthefany Britto. Fontes ligadas ao casal revelaram na imprensa que o motivo teria sido (pasmem) Ronaldinho Gaúcho. Os dois jogadores do AC Milan estariam saindo muito frequentemente para festas em casas noturnas de Milão, o que teria causado brigas entre o casal. As fontes ainda disseram que a ex-senhora Pato se queixaria de o jogador estar se tornando violento.

***


***

Sério, Pato? Você se casou com Sthefany Britto e seus planos para as noites são sair com o Ronaldinho? Sério, Pato? Qualquer pessoa sã iria querer voltar para casa, depois de uma longa jornada de trabalho, se em casa existisse uma Sthefany Brito. E você prefere festejar com o Ronaldinho Gaúcho??? Porra, Pato!

***

Sério, Sthefany? Você realmente está surpresa por isto ter acontecido? Você casou com um jogador de futebol de Pato Branco, de 20 anos, recém-chegado a Milão, que acontece de ser uma das cidades com as populações mais belas do mundo, que está ganhando fortunas com as quais ele apenas havia sonhado antes e, consequentemente, está rodeado por marias-chuteiras que, por serem de onde são, eu suponho que sejam gatíssimas. Você realmente se surpreende com esse comportamento? Porra, Sthefany!

***



***



***



***



***



***



***



***



***



***



***



***



***

Acabo de ver o último jogo entre Phoenix Suns e San Antonio Spurs, pelas semi-finais da Conferência Oeste. Vitória dos Suns por 107 a 101, que agora estão na final. Faltando 27 segundos para o fim, estava 103 a 101. Emocionante até o último fio de cabelo.

***

Steve Nash (que, coitado, tem uma cara tremenda de white trash), o principal jogador dos Suns (apesar do gigante Stoudemire ter sido o cestinha da partida), foi um herói. Além de ser um jogador fantástico, foi fundamental na reta final da partida, com jogadas sensacionais, todas feitas mesmo enxergando com um olho só: o olho direito do jogador ficou bastante ferido após uma cotovelada acidental durante a partida.



Desconectando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário