27 de set de 2010

Futebol no fim de semana

Levante 0x0 Real Madrid
Real passa mais um jogo em branco, o segundo da temporada, mas a defesa continua sólida. Curioso que Mourinho, que odeia ser chamado de retranqueiro, não consiga deixar de dar essa impressão a todos. Na temporada passada, ele disse que foi retranqueiro porque as condições da Internazionale de Milão o exigiam. Então, mudou-se para o Madrid. Pensou que o problema iria melhorar? Que nada, o Real já soma duas partidas zerado em cinco disputadas no Espanhol. O jogo do meio da semana teria tido o mesmo destino, se não tivesse contado com ajuda escandalosa do árbitro. Ao menos continua invicto - o que é óbvio, já que ao menos retrancar a defesa o português faz bem.

Athletic Bilbao 1x3 Barcelona
Com um juiz exagerado - expulsou Amorebieta, do time basco, por falta que, apesar de maldosa, provavelmente merecia apenas o vermelho; além do cartão amarelo dado a Piqué por uma falta que, na Inglaterra, nem seria dada - e com a expulsão de um nervoso David Villa, o Barça voltou a vencer o Athletic na Catedral, com três golaços dos meias, Keita, Xavi e Busquets.

Hércules 2x0 Sevilla
O time de Alicante conseguiu sua primeira vitória em casa ao se impor sobre os sevillanos com dois gols de Trézeguet. De quebra, o técnico do Sevilla, Antonio Álvarez, foi demitido e Gregorio Manzano, ex-treinador do Mallorca assumiu em seu lugar.

Manchester City 1x0 Chelsea
Na batalha entre os dois times cujo patrimônio tem as fontes mais suspeitas da Premier League, Carlitos Tévez mostrou mais uma vez que não perdoa o time da capital, anotando o único gol de um jogo com amplo domínio do City. O placar ficou desproporcional.

Bolton 2x2 Manchester United
Era pro United ter tirado de letra o jogo contra o fraco time do Bolton, mas o resultado não saiu tão ruim já que teve que correr atrás do placar por duas vezes. Ao menos conseguiu diminuir em um ponto a diferença pro líder Chelsea.

Roma 1x0 Internazionale de Milão
Os romanistas só conseguiram a vitória nos acréscimos do segundo tempo, com gol do montenegrino Vucinic, quando o jogo, morno e muito travado, parecia que iria acabar em empate. A partida ainda teve a atuação fora das quatro linhas de Adriano, que fez cera por não ter gostado de ficar no banco durante a partida, podendo entrar só no final. O técnico Claudio Ranieri percebeu, não gostou e resolveu não pô-lo no jogo, utilizando Julio Baptista para substituir Borriello. Porra Adriano, reserva do Borriello?

Cesena 1x4 Napoli
O Cesena até saiu na frente, mas os partenopei viraram a partir da metade do segundo tempo, com gols de Lavezzi, Hamsik e dois de Cavani. Outra virada sensacional do time napolitano.

Juventus 4x2 Cagliari
Finalmente a Juve se reencontra com a vitória. O herói foi o sérvio Krasic, autor de três gols, esperança de se tornar o futuro Nedved da Vecchia Signora.

Lyon 0x1 Saint-Etienne
O time mais vitorioso do campeonato francês confirmou o excelente início de campeonato com uma vitória fora de casa sobre o time mais vitorioso do futebol francês na década passada. O Saint-Etienne segue líder do campeonato, com 16 pontos, e tem o terceiro melhor ataque, o que surpreende, já que nas últimas duas temporadas foi o primeiro acima da zona de rebaixamento da Ligue 1 e dono de um dos piores ataques entre todas as equipes. O atacante Payet é o artilheiro da competição, com 7 gols em 7 rodadas.

Bayern Munique 1x2 Mainz 05
A equipe do Mainz conseguiu sua sexta vitória consecutiva ao bater o atual campeão em plena Alianz Arena. Com gol de letra do tunisiano Alagui, essa foi a primeira vez que o Mainz bateu os bávaros no estádio de Munique.

Na rodada, o Werder Bremen voltou a vencer no sufoco - 3 a 2 contra o Hamburgo, com o gol de desempate ao final da partida -, Grafite anotou dois e o Wolfsburg venceu o Freiburg, enquanto o Stuttgart foi goleado em casa pelo Bayer Leverkusen.

Pelo campeonato brasileiro, o São Paulo foi humilhado em pleno Morumbi pelo Goiás na derrota por 3 a 0; o Palmeiras mostrou que é mais imprevisível que mulher de TPM e bateu o Flamengo no Engenhão; o Fluminense fez 2 a 1 no Vitória no Barradão e reassumiu a liderança; o Vasco sofreu com marcação de pênalti duvidoso para o Guarani em vitória pelo placar mínimo no Brinco de Ouro; o Botafogo cedeu o empate ao Atlético Paranaense em 1x1 na busca pela Libertadores; o Corinthians foi derrotado pelo Internacional por 3x2 em Porto Alegre; o Cruzeiro foi goleado pelo Santos (4x1) na Vila; e o Grêmio afundou ainda mais o Atlético Mineiro (1x2, em Minas Gerais), agora comandado por Dorival Jr. Aliás, Dorival, quando o Neymar te mandou à merda, não precisava levar tão ao pé da letra.

Um comentário:

  1. Aeee monné! Sim, são meus os desenhos! Como que é a idéia? Vamos fazer sim! Abraço!

    ResponderExcluir