4 de set de 2010

Ateu ou agnóstico?

Disse antes que era ateu. Na verdade, sou agnóstico.

Pra mim, é irrelevante decidir se eu acho que existe ou não uma divindade, de qualquer natureza que seja. Explico.

Qualquer divindade que julgue ser necessário que eu reconheça sua existência sem me a comprovar explicitamente durante a minha vida e que possa me condenar de alguma forma por isso simplesmente não mereceria meu respeito e eu até passo a preferir que essa divindade me condene.

Todo o resto do meu pensamento agnóstico é conseqüência dessa única idéia fixa.

Se quiser me convencer do contrário, coloque suas idéias no espaço para protestos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário