10 de mar de 2010

Liga dos Campeões - 2010 - segunda parte das oitavas-de-final

Sem grandes surpresas também nos jogos de hoje. O Real Madrid recebeu o Olympique Lyonnais, enquanto o Manchester United jogou contra o Milan. Começo pelo segundo jogo.

Alguém tinha dúvida de que os Devils eram bons o suficiente para golear os milanistas por 4 a 0 no Old Trafford? O que foi surpreendente não foi o resultado, mas a facilidade com a qual ele foi construído. Com 7 a 2 no placar agregado e duas vitórias nessa fase da competição(o jogo de ida tinha sido 3 a 2 para os visitantes), o time vermelho despachou os rossoneri, que não disputam mais nada na temporada, por mais que alguns ainda acreditem na pouca chance de título no campeonato nacional. O Manchester United - que durante a partida teve em seu estádio faixas de rejeição ao dono do clube - tem chances consideráveis de chegar à final, especialmente pelas ótimas atuações de Wayne Rooney, Nani e Darren Fletcher. Mais uma partida interessante para os defensores da convocação de Ronaldinho Gaúcho para a seleção. Na minha opinião, ele mostrou, mais uma vez (como no fim de semana passado, na partida contra a Roma), que suas atuações apenas se destacam contra times mais frágeis, como a Udinese e a Atalanta. O que ele vem demonstrando em campo não vale o perigo de criar um mal-estar no time ao convocá-lo.


Eôeô, Pjanic é o terror! O jogador bósnio Miralem Pjanic foi o destaque da eliminação dos mandriles. Mesmo jogando em casa, a equipe de Madri não foi capaz de vencer o Lyon, que arrematou a vaga para as quartas-de-final com uma vitória simples em casa e um empate em 1 a 1 no Santiago Bernabeu. Os merdengues não conseguiram uniformizar o jogo, suas melhores chances foram em jogadas de contra-ataque. O Lyon poderia até ter feito mais, mas os argentinos Lisandro Lopez e César Delgado finalizaram d forma pífia e não conseguiram transformar a classificação em vitória. Dessa forma, o Real Madrid é eliminado nas oitavas-de-final pela sexta vez consecutiva, com o sexto técnico diferente, enquanto o Lyon volta a passar das oitavas, o que não acontecia desde a temporada 2005-2006, quando foi eliminado nas quartas pelo Milan. Nas duas últimas edições, o time francês foi eliminado pela equipe que viria a se tornar a campeã do torneio: Manchester United em 2008 e Barcelona em 2009.

Com esses resultados, os brasileiros Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Marcelo, Dida, Thiago Silva e Alexandre Pato estão eliminados da UCL. Além disso, os madridistas vêem o sonho de ganhar a final em casa (pois a final desse ano será em Madri) ir por água abaixo. Melhor que isso, só o Barça ser bicampeão em pleno Bernabeu.

Prognósticos sobre a equipe: Manchester tem chances fortes de chegar à final, mas o Lyon deverá sucumbir quando encontrar um adversário mais forte.

Veja o link que se segue sobre as seis eliminações consecutivas nas oitavas na UCL do time da capital espanhola.

http://www.sport.es/default.asp?idpublicacio_PK=44&idioma=CAS&idtipusrecurs_PK=7&idnoticia_PK=694766

Desconectando.

Nenhum comentário:

Postar um comentário